SindGESTOR - Sindicato dos Gestores Governamentais de Goiás

Ir para página inicial

Comunicação

Notícias

Gestora governamental é nomeada superintendente de Modernização Institucional

A gestora governamental de Planejamento e Orçamento Roberta Rodrigues Costa é a nova superintendente de Modernização Institucional da Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan). Ela assumiu o cargo na última semana, a convite do então secretário da pasta, Joaquim Mesquita, em reconhecimento ao trabalho realizado à frente da Gerência de Articulação de Gestão e Cooperação Técnica, que ocupava desde 2011, por meio do processo de meritocracia. "Encaro esta nova função como um grande desafio e também como uma excelente oportunidade. É preciso repensar nossa forma de atuar, modernizar processos de trabalho, buscar parcerias e formas mais eficientes de atender as necessidades do cidadão. Considero um grande privilégio liderar este processo e tenho certeza que irá me proporcionar um crescimento pessoal e profissional excepcionais", comemora Roberta.

A gestora é especialista em Políticas Públicas pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e está concluindo o curso de pós-graduação em Concessões e Parcerias na Administração Pública, no Instituto de Direito Público de Brasília (IDP). Tem graduação em Sistemas de Informação pela Universidade Anhanguera (Uni-Anhanguera). Roberta entrou no Estado em 2002, na primeira turma da carreira de gestores governamentais, e atuou na extinta Aganp e na Secretaria da Fazenda, até assumir a gerência da Segplan. Na gerência coordenou projetos importantes, como o Programa Nacional de Modernização do Planejamento e da Gestão dos Estados (PNAGE), o Programa de Modernização da Gestão Pública (PMGP) e a implantação do Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

Novos Desafios
A Superintendência de Modernização Institucional atua de forma corporativa, tendo como público alvo os órgãos e entidades da Administração Pública Direta, Autárquica e Fundacional. Entre as atribuições estão a formulação de políticas e diretrizes relacionadas à modernização institucional; análise e manifestação técnica para criação, transformação e extinção de Unidades Administrativas; implantação e gerenciamento de programas, projetos, acordos e termos de cooperação com órgãos ou organismos governamentais e não governamentais; difusão de metodologias e ferramentas de melhoria, modelagem, análise e redesenho de processos, além do desenvolvimento de projetos de simplificação e desburocratização. "O mundo está num processo de inovação muito acelerado e a Administração Pública não pode ficar à margem desse movimento. Mais do que nunca, temas como melhoria da gestão e eficiência devem estar na agenda estratégica", aposta a nova superintendente.

Data : 12/04/2018

Fonte : Comunicação SindGESTOR -
















O Popular destaca carreira dos Gestores Governamentais

O Popular destaca carreira dos Gestores Governamentais

 16/10/2018

Matéria publicada pelo jornal O Popular deste domingo, 14/10, fala sobre a carreira dos Gestores Governamentais e de como ela contribui para melhoria e eficiência da gestão pública. O texto diz que o Gestor Governamental é o servidor responsável pelo [...]